quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Quimera

Quimera

Tantas vezes a tua voz ouvi
que se fosse os antigos vinis
teria furado, teria riscado, 
e quero isso bem gastado.
Felicidade derrete rápido
escorre depressa demais
líquido intrépido
matérias venais
Tantas vezes vi teu coração
que me enchia
e foi pouco,  foi ilusão
o que sentia
sei que tudo tem fim
chegará a hora
que desaparecerá de mim
mas neste ínterim
fico assim

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Maturação

Aroma acentuado, maciez aprimorada,
sensações tão esperadas...
Resultado de imagem para preto e branco vintage amormanter o frescor sob alta temperatura
aromas, sabores e alturas
Climax
formação de ligações
mudanças bioquímicas
que a espera longa e ilusões
torna melhor a dinâmica
Não importa de esperaremos
outros 10 anos
ou se ficaremos
tecendo planos
o sabor do que maturou
o paladar que aprimourou
o bouquet
só aumenta
o querer.


quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Figuras de linguagem

Foi uma noite
e me disseram
que a lua não era de cristal
que estrelas não existiam
que a chuva não faz mal
e que temos os mesmo defeitos
não importam deveres ou direitos.
Noite negra como teus cabelos.
Dias claros como teus olhos.
Que o tempo nunca passou.
E que por isso ninguém viu.
Peixes fora do aquário.
Cabeça de passarinho.
Esqueletos no armário.
Uma situação normal.
Guardada em sacrário.
Até o tempo final.
Uma obsessão, afinidade,
sem término e idade.







segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Diretrizes

Preciso de uma lavação, uma limpeza urgente
que venha sorrateira como onda do mar
Preciso de muita água, espuma de detergente
que leve até as profundezas o mal estar
um bota fora, um descarrego
que ajude a trazer o novo
preenchendo meu desapego
preciso pular, sorrir
e lembrar que neste mundo
música vem primeiro
dormir segundo
comer terceiro

domingo, 6 de abril de 2014

Descascados






Morte marte mente sorte
quem pode te desvendar
do alto de tua corte
de acéfalos a delirar
Santos certos sinto tanto
um século e um manto
de sombra e nuvem
a ocultar
cai quem quer
mal me quer
bem me quer

quinta-feira, 6 de março de 2014

Areias do tempo

Se mais tempo eu tivesse
virar do avesso iria
se mudar o tempo pudesse
tudo se misturaria
e água, pedras e lama
gelo, areia e chama
uma corrente quebrada
e em tudo virava o nada

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Razões


Gira girei mundo aforaPensando estar livre de tiEstando ao teu lado, emboraParecia nem estar aquiPerguntei a vida por queO que tinha visto em vocêE lembrando de esquecerRecordei com prazerOs primeiros diasAs mil ave mariasAs horas e temposE voou com o vento